International Vegetarian Union
Religião & Vegetarianismo
São os Cristãos Vegetarianos?
do Boletim da IVU, Fevereiro/Março de 1996
Español - English - Português

Religião e Vegetarianismo

por Maxwell G. Lee 

Religião é um tema difícil uma vez que desperta fortes sentimentos. A IVU (União Vegetariana Internacional) não adota nenhuma fé e é neutra em assuntos de religião. Entretanto, a religião é uma aspecto da vida que não se pode ignorar porque tem desempenhado um papel importante ao longo da história com relação ao tratamento dispensado pelos seres humanos aos animais. Seja usando animais para alimento, sacrifício ou objetos de todo o tipo, os grupos religiosos adotaram várias abordagens que provocaram graus variados de sofrimento aos animais. Os seres humanos tentam justificar o tratamento que dispensam aos animais referindo-se a várias obras religiosas.

Embora muitos vegetarianos sejam religiosos, outros se opõem à religião pois consideram-na a principal causa do sofrimento dos animais, Seja qual for o ponto de vista de cada um, a religião é um aspecto da vida que ninguém de nós pode ignorar completamente, portanto, a IVU o está destacando aqui.

A abordagem ao vegetarianismo dada por várias religiões parece ir dos jainistas, com seu respeito total à vida, passando pelos budistas, até certas ordens cristãs que praticam o vegetarianismo.

Muitos membros da Igreja Adventista são vegetarianos, porém nem todos seguem o caminho vegetariano. A Igreja Anglicana em geral vê os animais como seres postos na Terra para o uso dos seres humanos e esta é similar à abordagem da Igreja Católica Romana. Em um exemplar recente da INROADS, o boletim da International Network for Religion and Animals (INRA) - ver endereço abaixo - esta assinala que a fundadora da INRA abandonou a Igreja Católica Romana na qual nasceu. A razão para sua ação foi a última edição do Catecismo da Igreja Católica. Ela afirma que o novo Catecismo salienta a idéia de que, para todas as gerações, têm sido um conceito público que os animais foram criados para o uso humano (Catecismo, página 280). "Animais, como plantas, e seres inanimados, são por natureza destinados para o bem comum, no passado, presente e futuro, da humanidade". Na página 590, continua, "Eles podem ser usados para servir à justa satisfação das necessidades do homem". 

Ela vai em frente sugerindo que a tradição, passada de geração a geração, tornou-se o mesmo que um mau hábito, seguido sem nenhuma razão, sem examinar as premissas iniciais e sem considerar as normas culturais da época em que a tradição surgiu. Essa tradição ignora os avanços em conhecimento e tecnologia ou seus efeitos sobre o reino animal.

Os homens agora detêm completo controle sobre o reino animal e são capazes de fazer o que querem com ele. Detemos conhecimento e poder para eliminar completamente a maioria, senão todas, as espécies. Certamente, isto nos dá responsabilidades especiais com relação aos animais. 

O Catecismo afirma (página 580) "por sua própria existência eles bendizem e dão glória". Os animais não podem falar por si, portanto, precisamos agir e falar por eles.

O Catecismo instila as pessoas a procederem com bondade e amabilidade com os animais, mas este apelo cai no vazio se tais afirmações não são apoiadas com o firme propósito de garantir que os seres humanos ajam com compaixão.

Práticas na Espanha em festivais religiosos e eventos similares muitas vezes se centram no abuso dos animais, incluindo o apedrejamento que leva à morte, atirá-los de uma torre e torturá-los nas ruas sob os aplausos do público. Muitas ações como estas são justificadas em nome da religião e não somente na Espanha.

Discussões sobre o consumo alimentar de animais com muitas pessoas religiosas resultam em elas tentarem justificar sua prática referindo-se a Deus e sugestões de que Ele aprovaria tal conduta.

Para uma cópia do boletim ou informações sobre filiação, escreva para: INROADS, PO Box 77591, Washington, DC 20013-7591, USA.


São os Cristão Vegetarianos?

por Keith Akers 

Este artigo foi fornecido por Keith Akers da Sociedade Vegetariana de Denver, Colorado, o qual foi Secretário Regional para os Estados Unidos da IVU. Ele escreveu o artigo juntamente com Richard Shorter de Londres, Inglaterra. 

A maioria dos cristãos hoje provavelmente come carne sem dar ao assunto qualquer atenção. Mas muitos cristãos primitivos eram vegetarianos, incluindo Clemente de Alexandria, Orígenes, João Crisóstomo e Basílio o Grande Segundo alguns escritos da igreja primitiva, Mateus, Pedro e João (irmão de Jesus e primeiro líder da igreja de Jerusalém) eram vegetarianos.

As seguintes citações são oferecidas, não como porva de uma dieta vegetariana, mas simplesmente como material para reflexão para os cristãos ponderarem sobre o significado da compaixão, do amor e da criação de Deus. Deus se preocupa com os animais? Ele deseja que nós nos preocupemos com os animais também?

Vegetarianos Cristãos Primitivos

O apóstolo Mateus repartiu as sementes, as nozes e os vegetais sem carne. Clemente de Alexandria (The Instructor, livro 2, capítulo 1)

Pedro disse, "Eu vivo de azeitonas e pão aos quais raramente acrescento vegetais". Pseudo-Clementine Homolies 12,6; também Recognitions 7,6.

Tiago, o irmão do Senhor... era santo desde o útero de sua mãe; e ele não bebia vinho, nem comia carne.
Hegesippus, citado em The Church History of Eusebius, livro 2, capítulo 23.

Vegetarianismo: Ideal Original e Última Esperança

E Deus disse, "Eis aí vos dei eu todas as ervas, que dão as suas sementes sobre a terra; e todas as árvores que têm as suas sementes em si mesmas, cada uma segundo sua espécie, para vos servirem de sustento a vós".
Gênesis: 1:29-30

Naquele dia farei a favor de Israel aliança com as bestas-feras do campo, e com as aves do céu, e com os répteis da terra; e tirarei deste o arco e a espada, e a guerra, e os tirarei da terra para que todas as criaturas vivas possam deitar-se sem medo.
Oséias 2:18

Morará o lobo com o cordeiro,
E o leopardo com o cabrito se deitará;
E o bezerro, e o leão novo e o animal cevado viverão juntos;
E um menino pequeno os conduzirá.
A vaca e a ursa pastarão juntas,
E as suas crias juntas se deitarão;
E o leão comerá palha como o boi.
A criança de peito brincará sobre a toca da áspide,
E a desmamada meterá a sua mão na cova do basilisco.
Não se fará mal nem dano algum em todo o meu santo monte;
Porque a terra se encherá do conhecimento do Senhor,
Como as águas cobrem o mar.
Isaías 11: 6-9

Ele enxugará de seus olhos toda lágrima; e não haverá mais morte, nem haverá mais pranto, nem lamento, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas.
Apocalipse 21: 4

Deus se Preocupa com os Animais

O Senhor é bom para todos, e as suas misericórdias estão sobre todas as suas criaturas. Salmos 145:9

Olhai para as aves do céu, que não semeiam, nem ceifam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta.
Mateus 6:26

Deus Quer que nos Preocupemos com os Animais

O justo olha pela vida dos seus animais.
Provérbios 12:10

Se vires deitado debaixo da sua carga o jumento daquele que te odeia, não passarás adiante; certamente o ajudarás a levantá-lo.
Êxodo 23:5

Se vires o jumento ou o boi de teu irmão caídos no caminho, não te desviarás deles; sem falta o ajudarás a levantá-los.
Deuteronômio 22:4

Quem mata um boi é como o que tira a vida a um homem.
Isaías 66:3

Os Sacrifícios de Animais são Rejeitados por Deus

De que me serve a mim a multidão de vossos sacrifícios? diz o Senhor. Estou farto dos holocaustos de carneiros, e da gordura de animais cevados; e não me agrado do sangue de novilhos, nem de cordeiros, nem de bodes. Quando vindes para comparecerdes perante mim, quem requereu de vós isto, que viésseis pisar os meus átrios? Não continueis a trazer ofertas vãs; o incenso é para mim abominação.
Isaías 1:11-13

Há sangue em suas mãos; lavai-vos, purificai-vos; tirai de diante dos meus olhos a maldade dos vossos atos; cessai de fazer o mal.
Isaías 1:16

Pois misericórdia quero, e não sacrifícios; e o conhecimento de Deus, mais do que os holocaustos.
Oséias 6:6


Mas, se vós soubésseis o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifícios, não condenaríeis os inocentes.
Mateus 12:7

Os sacrifícios foram inventados pelo homem como pretexto para comer carne.
Clemente de Alexandria

Outros Testemunhos Cristãos

O ato de comer carne era desconhecido até o grande dilúvio, mas desde então passaram a colocar os mal cheirosos sumos da carne dos animais em nossas bocas, assim como o lançaram entre o queixoso e sensual povo do deserto. Jesus Cristo, que apareceu quando a hora havia chegado, novamente uniu o fim com o princípio, de modo que não nos é mais permitido comer a carne dos animais.
São Jerônimo

Os vapores das comidas com carne obscurece o espírito. Dificilmente pode-se ter virtude se se desfruta de comidas e festas em que haja carne. No paraíso terreno não havia vinho, nem sacrifício de animais e tampouco se comia carne.
São Basílio

Todas as coisas da criação são filhos do Pai e irmãos do homem... Deus que que ajudemos aos animais, se necessitam de ajuda. Toda criatura em desgraça tem o mesmo direito a ser protegida.
São Francisco de Assis

Não permitas que ninguém negligencie o peso de sua responsabilidade. Enquanto tantos animais continuam a ser maltratados, enquanto o lamento dos animais sedentos nos vagões de carga não sejam emudecidos, enquanto prevalecer tanta brutalidade em nosso matadouros... todos seremos culpados. Tudo o que tem vida tem valor como um ser vivo, como uma manifestação do mistério da vida.
Albert Schweitzer


Contribuições ao Boletim da IVU são bem-vindas. O material publicado não necessariamente reflete o ponto de vista do editor ou a política da União Vegetariana Internacional.
| Artículos | Livros | FAQ | Guía Mundial | IVUMail | Miembros | Boletines | Famosos | Frases | Receitas | What's New | Eventos | Buscar |
IVU Index
Mantida por John Davis - webmaster@ivu.org
Tradução de Marly Winckler http://www.vegetarianismo.com.br